Escolha uma unidade e encontre o curso desejado

Vestibular

Inscrições Abertas

Prova

Agendada

5 livros que darão novas perspectivas a você

Fazer uma graduação significa adentrar em um lugar desconhecido – seja ela sua primeira, segunda ou terceira. Você conhecerá novas pessoas, novos ambientes, novos conhecimentos e novas responsabilidades. Resumindo: é tudo muito novo! Com tantas novidades, sempre bate aquela tensão, ansiedade e nervosismo, né? Pensando nisso, separamos 5 livros que irão ajudá-lo a passar por essa fase de transição – e também farão com que você tenha uma nova perspectiva sobre o mundo.

Cândido, ou o Otimismo

Publicado em 1759, o Cândido, ou o Otimismo, se trata de uma obra humorística que conta a história de Cândido, um jovem que possui um mentor para ajudá-lo com as adversidades da vida. Após um evento traumático, Cândido é expulso do local onde morava e passa a enfrentar novos desafios e complicações da vida.

Autor: Voltaire

Editora: Penguin e Companhia Das Letras

Dom Quixote de La Mancha

Um dos grandes clássicos da literatura mundial, Dom Quixote conta a história de Dom Quixote, um homem de meia idade que resolveu se tornar cavaleiro andante depois de ler muitos romances de cavalaria.

Autor: Miguel Cervantes

Editora: Dcl Difusão Cultural

1984

1984, do escritor inglês George Orwell, foi escrito em 1949. A história retrata o cotidiano de Winston Smith, um homem que vive em um país com o regime político totalitário e opressivo da autoridade chamada “O Grande Irmão”. 1984, além de ser muito à frente do seu tempo, também pode ajudar você a repensar suas convicções políticas e sociais.

Autor: George Orwell

Editora: Companhia Das Letras

Demian

O livro conta a história de Emil Sinclair, um jovem que cresceu com pais e avós protetores e, após se tornar um adulto, começa a estranhar o mundo e a questionar tudo, até mesmo aquilo que ele sempre acreditou.

Autor: Hermann Hesse

Editora: Record

O apanhador no campo de centeio

A história narra um fim de semana de Holden Caulfield, um rapaz que foi expulso do colégio interno em que estudava. Durante a volta para a casa, Holden pensa sobre a sua vida, suas angústias, medos e expectativas, além de procurar por pessoas que foram importantes em sua trajetória.

Autor: J. D. Salinger

Editora: Editora do autor

Relatório: como o mercado está investindo em Formação Superior

Ainda não está convencido de que fazer um curso de graduação é a melhor coisa que você fará pela sua vida profissional e pessoal? Meu caro, então este artigo é para você!

Mercado de trabalho x Graduados

Em um mundo globalizado, com novas tecnologias lançadas quase que diariamente e novas áreas surgindo, ter apenas o ensino médio infelizmente deixou de ser suficiente para quem quer um futuro de destaque. O mercado de trabalho busca por pessoas especializadas e capazes de entender, analisar, pensar e criar soluções.

Suponhamos que você tenha uma empresa. Em quem você confiaria para contratar: alguém que estudou especificamente para atuar naquele cenário ou em alguém que parou os estudos depois do ensino médio?

Competição e desempate

O mercado de trabalho está acirrado e isso significa que você, em algum momento, terá que competir por uma vaga de emprego. Quando isso acontecer, ser graduado levará você ao próximo nível. Ou seja, possuir um diploma de graduação com certeza será o fator de desempate entre você e quem não o possui. Mas, não para por aí.

Experiências além do diploma

Quando você faz faculdade, além de um diploma, você adquire experiência e contatos. Estar em um ambiente de graduação leva você a se abrir, a ser mais proativo, a pensar de maneira individual e em grupo, ajuda você a amadurecer, lhe ensina sobre ética, autossuficiência e comprometimento. Acredite ou não, todas essas características são critérios requisitados no mercado de trabalho.

Na UNIPAC, você estudará com os melhores professores que, por se basearem diretamente no mercado de trabalho, além de estarem aptos a lhe auxiliar no que for necessário, ensinarão tudo o que você realmente precisa aprender para entrar com tudo na área escolhida!

Além dos professores, o curso fará com que você conheça pessoas e que, consequentemente, você, suas qualidades e seu desempenho sejam notados, abrindo mais portas para possíveis indicações e oportunidades incríveis no mercado de trabalho.

A formação superior fará com que eu tenha melhores oportunidades no mercado?

Se você ainda não tem certeza sobre a diferença que uma graduação pode fazer na sua vida – tanto profissional, quanto pessoal –, este artigo é seu! Prepare-se para ter todas as dúvidas sanadas e para entender como você pode crescer depois e durante seu curso superior.

Conexões: a chave para o sucesso

Não sei se você conhece essa pequena empresa, mas algo me diz que sim: Google. Hoje referência na internet, a Google nasceu através da parceria entre dois estudantes de doutorado de Ciências da Computação: Sergey Brin, russo, 23 anos, e Larry Page, americano, 24 anos.

Os dois jovens se conheceram na faculdade – Stanford – e, juntos, pensaram na criação do buscador mais famoso do mundo. Talvez se os dois amigos não tivessem se esbarrado na faculdade, hoje não teríamos Google e nem os outros aplicativos que surgiram depois. Triste, não? O que eu quero dizer com isso é o óbvio: a faculdade faz conexões acontecerem.

Citando a música Wave, de Tom Jobim, é impossível ser feliz sozinho. E também é impossível crescer sozinho. Para chegar longe, é necessário, sim, ter ideias, força de vontade e capacidade. Porém, sem conexões, contatos, indicações e ajuda, não chegará ao topo. Você pode até chegar a algum lugar estando sozinho, mas não aproveitará todo o potencial que teria se estivesse em um ambiente universitário com professores capacitados e dispostos a ajudá-lo, estudantes que poderiam auxiliá-lo com suas ideias, contatos que poderiam indicá-lo para empresas, etc.

O mercado muda, a exigência de diploma, não

Que o mercado está sempre mudando, não é novidade para ninguém. Porém, não se deixe enganar, o diploma de graduação ainda é uma exigência nas grandes empresas e critério de desempate em entrevistas de emprego.

A experiência e os cursos técnicos profissionalizantes são importantes, mas na hora da contratação e da recolocação no mercado, eles não têm o mesmo peso diante do diploma de nível superior. A graduação clássica ainda é mais competitiva e melhor remunerada.

Para crescer é preciso aparecer

Além de ser o divisor de águas na hora de colocar você à frente de um candidato que não possui graduação, uma pessoa que possui diploma consequentemente terá salários maiores e mais chances de crescer dentro da empresa, especialmente se continuar estudando.

Da mesma forma, alguém que já está dentro de uma empresa, mas que não possui diploma, passa a ser mais reconhecido, a ter mais chances de subir de cargo e, é claro, receber um aumento, quando se dispõe a estudar e passa a ter uma formação diplomada.

Não existe ponto negativo. Ter uma graduação só leva sua vida para patamares mais altos.